Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Marchas e arraiais

por Lucelia, em 12.06.14
Marcha do Orgulho LGBT 2014
Arraial Pride 2014

Ora então parece que este mês de Junho vai ser um fartar vilanagem de festas como nunca se viu no nosso país e arredores. E nós que não somos menos que as outras também vamos participar e até já estamos a preparar umas t-shirts para levar à marcha, e se a coisa se der até ao arraial que vai ser no último fim-de-semana do mês e vai ser de arrasar! Nós nesse dia vamos estar junto à barraquinha das outras do Clube Safo, na esperança que nos ajudem a divulgar a existência do nosso Clube e nos aceitem no seu seio como boas fufas que somos. A ver vamos, sabemos que há a questão do gaipo geracional que é assim uma espécie de diferença muito grande entre nós, as novas, e elas, que já cá andam há muitos anos a lutar pelos nossos direitos. Mas caso não nos enxotem lá estaremos em franco convívio umas com as outras a beber umas bejecas e a comer uns tremoços e a sorrir muito para as que se atreverem a ir pela primeira vez a uma festa convívio da magnitude do arraial.

 

Por falar em festas e em primeiras vezes a Tininha no outro dia perguntou-me porque é que eu não escrevia sobre os encontros românticos entre as mulheres, até porque este mês vai ser propício a encontros entre corações solitários e todos sabem que as mulheres gostam muito de fazer arranjinhos umas para a outras, e umas com as outras também, mas isso fica para depois porque ainda tenho que ir ali à Micaela ver se me dá um jeito ao cabelo porque vamos ver as marchas, mas estas são as do povo e não das fufas e dos gays. Eu só vou porque me disseram que há um bar novo que abriu de meninas e já que tenho boleia aproveito para ir espreitar, que isto há que se manter actualizada. Por falar nisso tenho que disponibilizar aqui uma lista de sítios para as meninas do nosso Clube, e não só, saberem onde podem encontrar outras que partilhem interesses similares aos seus. Depois das marchas ainda vamos a Alfama comer umas sardinhas se bem que eu nem gosto de sardinhas, apesar do que dizem por aí sobre as lésbicas e o peixe, há que esclarecer que as passarinhas ao contrário das sardinhas não têm espinhas, se é para andar o tempo todo a lamber e a cuspir, eu passo!

 

Mas passemos aos conselhos que hoje trago para partilhar convosco caras leitoras alvoroçadas, acalmai as passarinhas que já lá vamos!

 

1. Como saber que uma mulher está interessada em nós? Devia ser muito fácil, começava-se por um olhar, e depois chegávamos perto da presa e dizíamos "tomamos um copo?" Só que no que toca a mulheres nunca nada é muito fácil. Por exemplo no outro dia estávamos numa tasca a comemorar o divórcio da Zefa quando sinto uma mulher a olhar para mim como quem diz "come-me". E eu contente, pois claro, por muito que a Cátia me aqueça o corpo nas noites frias da Rinchoa, uma pessoa não fica indiferente ao interesse alheio, ainda por cima ela não era nada de se deitar fora! Assim como quem não quer a coisa deixei tombar o copo de vinho na mesa e aproveitei a confusão para me esgueirar para a casa de banho, sentindo os passos da outra a seguir-me e sorrindo como se me tivesse calhado a sorte grande. Quando ela entrou vira-se para mim e diz-me: "Olá, sou a Anabela do 5 à Sec da Damaia. Era só para te dizer que te esqueceste lá duma camisa, e se não a fores buscar o Sr. Manel vai dá-la aos ciganos do mercado municipal". E pumba, fecha-me a porta na cara e eu fiquei sem saber se aquele "só" trazia água no bico. É que as mulheres falam sempre torto por linhas direitas e será que ela queria que eu fosse lá buscar a camisa? Estava já eu a imaginar-me deitada por cima da Anabela numa pilha de roupa lavada a despi-la com destreza quando entra a Micaela e me diz que nem pensar em enrolar-me com ela porque anda de caso com a Maria José da Brandoa que como toda a gente sabe é má como as cobras e pior ainda do que a Zefa no que toca a arranjar confusões e eu como até já passei uma temporada no chilindró por causa da Zefa e prezo muito os meus dentes acho que vou ter de esquecer a minha rica camisa que será vendida no mercado municipal por meia dúzia de tostões.

 

2. O que fazer quando se sabe que a mulher está interessada em nós? Apesar das Anabelas que se nos atravessam na vida e das quais devemos fugir como diabo da cruz, porque as mulheres tem boca grande e quando se enrolam contam logo a três das suas melhores amigas que depois se encarregam de espalhar pelo resto, haverá algumas mulheres livres e desimpedidas que de facto chegam até nós, nem que seja pela net, e nos dizem "gostava muito de te conhecer, marca um lugar e eu estarei lá". Ui quando nos fazem isto é que nos entalam de vez porque uma pessoa fica sem saber por onde começar. Um jantar num restaurante está fora de questão, até porque pode dar-se o caso da outra assumir que somos nós que pagamos, porque fomos nós que marcámos, e nós assumimos o contrário pelo que quando chega a conta é um ver se te havias para ver qual das duas se consegue pirar dali para fora o mais rapidamente possível. E isto é assumindo que vamos querer passar a imensidão de tempo que dura o jantar com uma pessoa que mal conhecemos. Vai que ela abre a boca e percebemos que é alguém sem interesse nem cultura de espécie alguma. Depois temos que estar a fazer conversa, sobre o tempo ou sobre as vacas que crescem tão viçosas ali para os lados da Moita. Não sendo jantar as outras opções são um café, mais rápido e mais barato, ou um passeio no parque o que será a melhor opção porque podemos sempre dizer "olha está ali a minha prima e tenho que ir ter com ela coitadinha que sofre duma doença incurável e os médicos não lhe dão mais de três dias" e ala que se faz tarde mesmo que não haja prima nenhuma num raio de vários quilómetros. É a opção cobarde, assumo. Mas assim a outra fica a pensar que somos tão boazinhas e vamos dando a desculpa da prima moribunda até perceberem que o raio da prima nunca mais morre e nós claro justificamo-nos com os milagres da medicina moderna que as pessoas hoje em dia vivem muito mais para além do esperado!

 

3. O que fazer quando chega a hora H e nós percebemos que afinal não era bem aquilo que queríamos? Assumindo que o café escorregou bem, ela até nos parece uma pessoa simpática e cordial, inteligente q.b., e não é uma daquelas de meter medo ao susto que isto com a idade as exigências vão dimuindo, sim porque se tiver os dentes todos no sítio, se não for estrábica, se não tiver um nariz daqueles que nos fazem desviar a cabeça sempre que avançam na nossa direcção, se se vestir decentemente, aqui a porca torce o rabo porque eu sei que devia ser menos esquisita com as indumentárias das lésbicas que embarcam neste tipo de encontros, mas lá está, se me aparece uma daquelas de cabelo rapado, de t-shirt largueirona e de calção a querer cair pelo rabo abaixo, eu começo logo a revirar os olhos e digo que estou com os calores, é a menopausa precoce, e "olha lá vai a minha prima moribunda a passar, peço desculpa mas ela coitadinha não dura nem mais um dia", e adeus até ao meu regresso maria ivone, tá quieta que eu nunca, mas nunca irei enfiar as minhas mãos dentro dum calção de cor verde tropa! Se eu fosse a contar as primas moribundas que já vieram ao meu auxílio em situações deste género eram mais de cinquenta! Uma outra maneira muito bera a usar só em situações de desespero extremo é quando nos viramos para a mulher ali deitada e vimos que por safo, eu nunca serei capaz, é de fingir que estamos com náuseas horríveis, daquelas que nos deixam dobradas em duas. Nessa altura nem é preciso fazer mais nada é vê-las a apanhar a roupa do chão e a fugirem a sete pés. Entre primas e naúseas alguma coisa se arranja sempre, dependendo se temos que continuar a falar com a pessoa ou se a probabilidade de a voltarmos a ver é quase nula.

 

Bom mas agora tenho que ir andando que a minha vida não é só isto e as marchas estão quase a começar, ala que se faz tarde, vamos todas para a festa, encontramo-nos por aí?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:47



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D


Links

Linques úteis




Sitemetro