Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Séries de fufas – OINB

por Lucelia, em 09.12.13

 

Achei por bem começar aqui uma rubrica relacionada com as séries que metem gente como nós porque dantes não se via nada disto na televisão e nem sei se agora já se vê mas também pouco importa porque agora com a net estamos mais informadas e conseguimos ver tudo o que se faz por esse mundo fora e já podemos dizer às beatas que acham que somos filhas do demo que ao menos quando formos parar ao inferno vamos muitíssimo bem acompanhadas que até vai parecer que estamos na carpete vermelha que eu dantes não sabia o que era mas agora como estou muito tempo em casa papo tudo e vejo as actrizes lésbicas a passearem nas carpetes vermelhas e a mandarem beijos para as mulheres e para os filhos que elas são muito mais modernas do que nós e já têm famílias estabelecidas e tudo.

 

Voltando a esta série que agora está na moda que se chama Orange Is the New Black sobre uma mocita que era fufa e foi presa mas não foi por causa disso, eu ainda estou um bocado indecisa sobre o que acho porque começou bem é certo com duas moças jeitosas a tomarem duche juntas e tudo, mas depois parece que a coisa perdeu fôlego e nunca mais se viu assim nada de especial a não ser um beijo muito fugaz praí no episódio 3 ou 4. Sim porque eu já vou no 6º e a única cena memorável foi duma fufa gordalhufa a masturbar-se com uma ferramenta o que sinceramente caiu-me muito mal porque para pesadelos já bastam as contas que me chegam ao fim do mês! Foi essa e outra cena duma russa maluca que enfiou um tampão menstruado na sandes da mocita que ficou sem comer durante dias e dias que foi uma limpeza e nem quero me lembrar da cena que a mocita vai pedir desculpa à russa por ter dito que a comida que ela fazia era uma grande porcaria e a russa tá assim deitada de pernoca ao léu e eu se visse uma coisa daquelas era capaz de me pôr a duvidar da minha orientação sexual o que era uma chatice especialmente agora que criei o Clube Safo da Rinchoa e que tenho tantas amigas a contarem comigo para lhes defender os direitos e essas coisas assim nobres e bonitas porque nós aqui em Portugal temos falta de quem nos defenda porque no meio de tanta crise é muito fácil esquecerem-se que nós existimos e isso não pode ser porque somos nós que damos graça e colorido ao mundo e às séries e aos filmes e se calhar aos livros, ainda não sei bem porque não consegui ainda pôr as mãos no livro da Ana Zanatti mas assim que conseguir eu venho aqui dizer-vos o que acho dele.

 

Ainda por cima a mocita que é protagonista da tal série tinha tanto potencial especialmente ali no meio das outras presidiárias mas até agora nada, nicles, a moça parece que perdeu o tino e só pensa no namorado e assim isto deixa de ter piada porque eu pensava que esta série ia ser assim como o L Word mas com todas na prisão sempre nuas e à molhada e não está a ser nada disso. Vou dar o benefício da dúvida por mais 2 episódios ou assim e depois se continuar neste chove não molha apago tudo porque isto ocupa uma data de gigas no meu disco que está sempre ali no vermelho e depois começa a dar erros e mais erros e eu não consigo ver nada e ainda fico fula quando me queixo à Tininha e ela diz que a culpa é minha porque nunca apago nada e não pode ser porque estas coisas têm limitações e só quando a gente compra é que dizem que é tudo ilimitado e não se preocupe minha senhora que nunca vai conseguir encher este disco de última geração porque eles devem pensar que eu quero os discos para guardar fotografias dos netos e se soubessem para o que é não se punham a dizer parvoíces!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:12



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D


Links

Linques úteis




Sitemetro